ARTE PROMOVENDO SAÚDE E CRIATIVIDADE

Atualizado: Jan 2

VIVÊNCIA COM ARTE


Já é do conhecimento científico o potencial que a arte possui, em suas diversas expressões (pintura, escultura, música, dança etc), na promoção da saúde física, mental e emocional. Fazendo ou apreciando, a arte sempre contribuirá para uma vida mais saudável.

O Dr Paulo Barreto Campello de Mello, médico e professor da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade de Pernambuco – UPE e vice-presidente da Associação Brasileira de Medicina e Arte explica que a prática da arte tem o poder de estimular, no corpo humano, a produção de anticorpos que fortalecem as defesas contra ataques de vírus, bactérias e fungos nocivos. Dessa forma, combate infecções já instaladas e previne novas infecções.

Explica ainda que tanto a prática como a apreciação da arte estimulam o cérebro à fabricação de substâncias que trazem calma, alegria e relaxamento. E que ela atua também como ponte entre as emoções e o corpo de quem a pratica ou aprecia, possibilitando o cérebro enviar mensagens positivas ao organismo.

O Dr Campello de Mello enfatiza que o paciente sob sofrimento provoca doenças dermatológicas, estomacais ou cardíacas, e que a arte consegue atuar de forma benéfica no tratamento dessas doenças. Ele observa: A arte na medicina às vezes cura, de vez em quando alivia, mas sempre consola.[2]


Atualmente, uma das ciências que vem se ocupando da cura por meio da arte é a Arteterapia. Em Psicopedagogia e arteterapia, Lou de Olivier faz distinção entre Arteterapia, Arte como Terapia e Arte-educação. A autora explica que,


"a Arteterapia é uma ciência fundamentada em Medicina e Artes em geral, que estuda e pratica os meios adequados para